Com 22,5% dos votos, o Ciudadanos seria o partido mais votado nas eleições do próximo dia 21, conseguindo entre 31 e 32 deputados, de acordo com a sondagem da CIS para os jornais espanhóis. Outra sondagem dá Puigdemont, líder do partido Junts per Catalunya, como o favorito.

O bloco independentista conseguiria maioria absoluta com 68 deputados e o bloco não independentista (ERC, Junts per Catalunya e CUP) conseguiria apenas 67. O partido Ciudadanos ficaria à frente do partido ERC, que teria 20,8% dos votos e conquistaria 32 deputados. Junts per Catalunya, com 16,9% dos votos — entre 25 e 26 deputados — seria a terceira maior força política. O PSOE teria 21 deputados, ao conseguir 16% dos votos. Segue-se Catalunya en Comú, com 8,6% e 9 deputados, o PP com 5,8% e 7 deputados e o CUP com 6,7% e nove deputados. As conclusões são retiradas de uma sondagem da CIS para os jornais espanhóis, feita entre 23 e 27 de novembro a 3 mil pessoas, na Catalunha.

Puigdemont é o presidente preferido

Outra sondagem da SocioMétrica para o jornal espanhol El Español indica Carles Puigdemont, líder do Junts per Catalunya — terceira força política segundo a sondagem da CIS –, como presidente preferido para a Catalunha, com 21,9% de intenções de voto. Inés Arrimadas, do partido Ciudadanos, é a segunda preferida para presidente da Catalunha, com 17,9% das intenções de votos. Segue-se Marta Rovira com 10%, e Oriol Junqueras, com 9,6% — ambos do ERC.

As conclusões são retiradas de uma sondagem da SocioMétrica para o jornal espanhol El Español, feita entre 27 e 37 de novembro a 3 mil pessoas, na Catalunha.

As eleições estão marcadas para o dia 21 de dezembro e foram convocadas pelo presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, em 27 de outubro — o dia em que decidiu dissolver o parlamento da Catalunha e destituir presidente do governo catalão Carles Puigdemont.