Sporting e West Ham reataram relações institucionais depois do desentendimento entre os clubes devido a uma possível transferência do futebolista William Carvalho, anunciaram esta terça-feira ambos os clubes.

“O West Ham e o Sporting Clube de Portugal reconhecem que houve uma quebra de comunicação entre ambos, baseada em contactos entre representantes dos dois clubes relativos a uma possível transferência de William Carvalho, e que esta foi a causa de um mal-entendido”, lê-se no sítio do Sporting na Internet.

O clube inglês divulgou o mesmo comunicado, no qual os dois emblemas asseguram que o “assunto agora está resolvido”, após contactos positivos.

“Nesta base, as relações institucionais serão retomadas e não haverá barreiras entre ambos os clubes, no que respeita a eventuais futuras negociações ou à possível cooperação entre ambas as instituições”, remata a nota.

Em setembro último, o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, disse não ter recebido qualquer proposta para a aquisição do médio internacional português, enquanto o copresidente do clube inglês, David Sullivan, dizia o contrário e que a oferta tinha sido rejeitada pelos ‘leões’.

Durante o defeso foi noticiado a possibilidade de o West Ham contratar William Carvalho por mais de 30 milhões de euros, mas o médio acabou por ficar no Sporting.