Rádio Observador

Futebol

Rui Vitória rejeita vantagem sobre rivais após adeus à Europa

Treinador do Benfica refutou que os 'encarnados' retirem alguma vantagem do afastamento das competições europeias e desvalorizou uma possível saída caso não vença pentacampeonato.

"É trabalhar dia a dia e vencer os jogos que temos pela frente. O resto é acessório", disse Rui Vitória

ANTONIO PEDRO SANTOS/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O treinador do Benfica refutou nesta sexta-feira a ideia de que os ‘encarnados’ retirem alguma vantagem do afastamento das competições europeias de futebol e desvalorizou uma possível saída do comando técnico caso não vença pentacampeonato. Rui Vitória, que fazia a antevisão da partida com o Estoril-Praia, da 14.ª jornada da I Liga portuguesa, considerou que “não há uma relação direta” entre o afastamento da Europa e eventuais benefícios para os ‘encarnados’ relativamente a Sporting e FC Porto, que vão continuar a disputar as provas europeias.

“Nos últimos dois anos, fomos campeões nacionais e fomos longe nas competições europeias. Eu prefiro jogar mais vezes e treinar menos. Não há, da minha parte, qualquer certeza absoluta relativamente a uma causa-efeito e não admito que alguém venha dizer o contrário”, afirmou, em conferência de imprensa.

Na sequência do pior desempenho de uma equipa portuguesa na fase de grupos da Liga dos Campeões, com seis derrotas em seis jogos, o técnico foi questionado sobre se apenas a conquista do pentacampeonato poderá evitar a sua saída do comando técnico no final da temporada. “Temos de estar sempre em todas as frentes para ganhar, com noção clara do que há pela frente. O meu foco é o jogo de amanhã [sábado] e não há nada que me distraia. É trabalhar dia a dia e vencer os jogos que temos pela frente. O resto é acessório”, referiu.

Por outro lado, Rui Vitória frisou a possibilidade de o Benfica igualar provisoriamente Sporting e FC Porto na liderança, caso as ‘águias’ vençam o Estoril. “Pode ser consequência do que fizermos no jogo, mas não pensamos nisso. O nosso foco é somarmos três pontos. Queremos regressar a casa para o campeonato e ganhar. Vamos ter pela frente um adversário que mudou de treinador e com bons jogadores jovens. Nota-se que há qualidade e talento na equipa do Estoril. O Ivo [Vieira] arrumou a equipa à sua maneira e tem ideias diferentes, muito positivas”, antecipou.

Benfica, terceiro classificado com 30 pontos, e Estoril-Praia, 18.º e último com oito, jogam no sábado, a partir das 18:15, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)