Um homem morreu esta terça-feira em Espanha na sequência de lesões graves que sofreu depois de ter sido agredido na sexta-feira num bar em Zaragoza, numa discussão que terá alegadamente começado devido aos suspensórios que trazia vestidos, com as cores da bandeira de Espanha, avança o jornal El Español.

Víctor Láinez tinha 55 anos, era operário na empresa espanhola Ferrovial e membro de um grupo de motards. O operário terá sido agredido num bar na cidade espanhola de Zaragoza, na região de Aragão – anexa à Catalunha – por um homem de 33 anos na madrugada de sexta-feira.

As agressões terão acontecido na sequência de uma discussão que terá começado devido às cores dos suspensórios de Víctor Láinez, iguais às da bandeira de Espanha. O agressor terá interpelado Víctor Láinez e ambos terão tido uma discussão, que não passou das palavras.

Mais tarde, o agressor, juntamente com um grupo de amigos, terá esperado Víctor Láinez à saída do bar, onde este terá sido agredido com uma barra de ferro na cabeça.

O homem acabaria por falecer depois de vários dias em coma induzido, devido a lesões cerebrais causadas pela agressão.