O Banco Central Europeu decidiu esta quinta-feira deixar as taxas de juro inalteradas e confirmou que a partir de janeiro vai reduzir o programa de compra de ativos destinado a apoiar a economia da zona euro.

A principal taxa de refinanciamento permanece em 0% e as taxas de juro aplicáveis aos depósitos e à facilidade permanente de cedência de liquidez também se mantêm em -0,40% e em 0,25%, respetivamente.

No comunicado divulgado após a última reunião de política monetária deste ano, o BCE indicou que “espera que as taxas de juro diretoras permaneçam nos níveis atuais durante um período alargado e muito para além do horizonte das compras líquidas de ativos”.