Três pessoas, entre as quais dois guardas-civis, morreram esta quinta-feira num tiroteio numa habitação isolada na província rural de Teruel, no leste da Espanha, anunciaram as autoridades espanholas.

O tiroteio ocorreu cerca das 18:00 locais (17:00 em Lisboa) e as causas não são conhecidas.

Fonte das autoridades locais disse à agência France Presse que se estava a proceder a uma detenção e sublinhou que o tiroteio aconteceu quando envolveu um outro suspeito de uma troca de tiros ocorrida uma semana antes.

As autoridades referiram, cerca das 20:00 locais (19:00 em Lisboa), que ainda não feita nenhuma detenção, estando ainda a decorrer uma operação policial, entre Andorra e Albalate del Arzobispo, 350 quilómetros a leste de Madrid.

Alegadamente, um homem entrou numa casa, feriu a tiro o proprietário e outra pessoa, de acordo com o jornal regional Heraldo de Aragon.