O Presidente do Brasil, Michel Temer, teve alta esta sexta-feira de manhã do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, três dias depois de ter sido submetido a uma cirurgia urológica. Michel Temer, que foi internado quarta-feira para ser submetido a uma cirurgia de desobstrução da uretra, saiu de helicóptero do hospital às 11:00 locais (13:00 Lisboa), e seguiu para Brasília.

Michel Temer retoma assim a agenda e dará ainda neste dia posse ao novo ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, no Palácio do Planalto.

Problemas de saúde recorrentes têm afetado a agenda do Presidente brasileiro, que adiou na última quinta-feira uma viagem que faria ao Sudeste Asiático em janeiro, onde tinha previsto visitar o Vietname, Timor-Leste, Singapura e Indonésia.

Em outubro Michel Temer já tinha sofrido uma intervenção para tratar um problema de próstata e no final de novembro foi alvo de uma angioplastia para desobstruir três artérias coronárias.