Rádio Observador

IPSS

Coordenadora jurídica da Raríssimas deixou prejuízo na Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla

992

A atual coordenadora jurídica da Raríssimas terá deixado um buraco de 144 mil euros na Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla. Manuela Duarte Neves diz estar a ser alvo de "cabala imoral".

Antes de ir para a Raríssimas em 2015, Manuela Duarte Neves foi secretária-geral da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla

Manuela Duarte Neves, coordenadora do Departamento Jurídico da Raríssimas, terá deixado um prejuízo de 144 mil euros na Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM) quando exerceu nesta instituição o cargo de secretária-geral. Depois da sua saída compulsiva, em 2015, juntou-se à Raríssimas, tornando-se o braço direito da fundadora da IPSS, Paula Brito e Costa.

A notícia é avançada pelo Jornal de Notícias, que refere uma denúncia da diretora financeira da SPEM, Susana Protásio. Enquanto secretária-geral da instituição, Manuela Duarte Neves, que também era vice-presidente da SPEM, terá pedido a uma farmacêutica que financiasse o doutoramento de uma amiga, que era atriz, e terá ainda pedido avenças a uma empresa de advogados para a qual colaborava.

Além disto, a atual coordenadora jurídica da Raríssimas, que foi ainda adjunta do Governo PSD/CDS entre 2002 e 2004, recebia um ordenado de 2232 euros, apesar de a Direção da SPEM apenas ter aprovado um vencimento de 1300 euros.

Esta situação, refere Susana Protásio, terá deixado a “zeros a almofada financeira” da SPEM. Manuela Duarte Neves diz estar a ser alvo uma “cabala imoral”: “Estou profundamente chocada com essas denúncias. (…) Essa senhora [Susana Protásio] boicotou a minha gestão e as reuniões de Direção, onde avisei que a saúde financeira da SPEM não estava grande coisa.”

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rporto@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)