O FC Barcelona reforçou a liderança da liga espanhola de futebol este domingo, ao golear o Deportivo por 4-0, beneficiando da derrota de sábado do Valência, em jogos da 16.ª jornada.

Os catalães somaram o seu 42.º ponto, mais oito do que o Valência (34), entretanto ultrapassado pelo Atlético de Madrid, que ganhou 1-0 ao Alavés e soma 36 pontos – o Real Madrid, que no sábado se sagrou campeão do mundo, tem 31 pontos, tendo adiado a visita ao Leganés.

No Camp Nou, o guarda-redes Rubén Martínez ainda foi aguentando as investidas do Barcelona, mas a resistência durou apenas 29 minutos, quando Messi parou de peito na pequena área e, altruísta, ofereceu o golo a Luis Suárez.

Depois Messi, em invulgar noite de aversão à pontaria, atirou duas bolas aos ferros, à trave aos 37 e ao poste aos 41, neste caso com o brasileiro Paulinho a acompanhar o lance, antecipar-se ao ex-benfiquista Sidney e a recarregar para o 2-0. Aos 67, de livre, acertaria pela terceira vez na estrutura da baliza.

O domínio dos líderes do campeonato era total e aos 47 Luis Suárez ‘bisou’, concluindo um contra-ataque: aos 61 foi derrubado na área, mas o árbitro não assinalou o penálti, ao contrário do que aconteceria aos 69, possibilitando a Messi o golo que o guarda-redes lhe negaria, defendendo.

Já com André Gomes em campo, a partir dos 56, Jordi Alba (75) também atirou ao poste, mas Paulinho voltou a acompanhar o lance e a bola, novamente, acabou nos seus pés que fizerem o 4-0, antes de Luis Suárez (85) enviar a quinta bola do Barcelona ao ferro.

Um golo do avançado Pablo Fornals (34), em ‘voo’ de cabeça após trabalho de Bacca, bastou para o Villarreal voltar às vitórias, após dois desaires na Liga e um na UEFA, valendo êxito 1-0 na visita ao Celta de Vigo, mantendo o ‘europeu’ sexto lugar com 24 pontos, mais um do que o Girona.

O conjunto catalão continua a fazer um campeonato surpreendente, vencendo desta vez o Getafe de Antunes, por 1-0, com golo solitário do avançado uruguaio Stuani (05), de cabeça após cruzamento na esquerda, ficando a um ponto do sexto.

O Espanyol chegou a liderar por 2-0 em casa do Las Palmas, porém, nos últimos 10 minutos, permitiu o empate e só não perdeu porque aos 90+5 Jonathan Viera falhou um penálti para o lanterna vermelha.