Rádio Observador

Incêndios

Governo analisou quase 22 mil candidaturas na agricultura. Apoio superior a 60 milhões

O Governo analisou quase 22 mil candidaturas de agricultores afetados pelos incêndios de 15 de outubro, a que corresponde um apoio total superior a 60 milhões de euros

Paulo Cunha/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O Governo tem analisadas quase 22 mil candidaturas de agricultores afetados pelos incêndios de 15 de outubro, a que corresponde um apoio total superior a 60 milhões de euros, informou este domingo o ministro da Agricultura, Capoulas Santos.

Até mil euros, o ministério recebeu 6.008 candidaturas, entre 1.053 e cinco mil euros cerca de 15 mil candidaturas e acima dos cinco mil euros foram registadas “20 e tal candidaturas”, sendo que, nesse caso, o prazo de candidaturas só termina a 22 de dezembro, afirmou Capoulas Santos, que falava em Santa Comba Dão, distrito de Viseu.

Acima dos cinco mil euros, as candidaturas estão a registar, em média, um prejuízo na ordem dos 400 mil euros, sendo que o total dos pedidos acima dos cinco mil euros “superam os dez milhões de euros”, explanou o membro do executivo, que acompanhou hoje António Costa numa visita aos territórios afetados pelos incêndios de 15 de outubro.

Questionado pela agência Lusa, Capoulas Santos sublinhou que a região afetada pelas chamas é caracterizada pela “muito pequena agricultura”.

Como forma de exemplificar essa situação, o ministro da Agricultura contou que metade dos produtores “não têm conta bancária”, o que se tem revelado “um problema burocrático complicado”.

A tutela espera pagar até ao final do ano 100% do prejuízo aos agricultores que registaram perdas até mil euros e garantir um adiantamento “não inferior a 70%” para todos os outros produtores.

Em janeiro de 2018 será feita a verificação das candidaturas – há “algumas centenas de casos” com incongruências – e será pago o restante até ao final desse mês, disse Capoulas Santos.

O ministro da Agricultura sublinhou ainda que, no caso do ministério que lidera, os apoios ultrapassam “os 100 milhões de euros”, quando incluídos os incêndios de 17 de junho.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)