A BMW alcançou a marca dos 100 mil carros eléctricos ou electrificados vendidos, só este ano. Número que representa um incremento de mais de 60%, face às 62.255 viaturas electrificadas transaccionadas em 2016.

O anúncio foi feito pela própria BMW, apontando como principais responsáveis por este crescimento os mercados da Europa Ocidental e os EUA – regiões do globo onde, principalmente, propostas como o eléctrico BMW i3 ou o híbrido plug-in Série 2 Active Tourer, têm vindo a conquistar cada vez mais adeptos.

Perante estes resultados, a marca da hélice assume, desde já, esperar que as vendas deste tipo de veículos voltem a crescer em 2018, com percentagens médias de dois dígitos.

Recorde-se que, apesar de uns primeiros anos algo titubeantes da sua nova submarca eléctrica “i”, cuja gama continua reduzida a apenas dois modelos, o citadino i3 e o desportivo i8, a BMW pretende estar a comercializar um total de 12 modelos 100% eléctricos, até 2025. Propostas que, acrescenta, deverão anunciar autonomias até 692 km.

Nesse sentido, a marca de Munique estabeleceu recentemente uma parceria com a companhia norte-americana Solid Power, visando o desenvolvimento da próxima geração de baterias em estado sólido, para utilização em veículos eléctricos.