Lançado no já distante ano de 2000, o superdesportivo norte-americano S7 está prestes a ceder o seu lugar a um novo modelo, denominado S1, que a Saleen acaba de apresentar no Salão de Los Angeles.

Mas, para já, o pequeno fabricante californiano despede-se daquele que já foi o carro mais potente dos EUA (em 2000, bem entendido), com uma série de edições especiais. Entre elas, o S7 Le Mans Edition, com uma produção limitada a sete unidades, que pode ser adquirido pela “módica” quantia de 1 milhão de dólares – pouco mais de 846 mil euros, à cotação actual.

O Saleen S7 Le Mans Edition apresenta, debaixo do capot, um V8 7,0 litros biturbo a debitar qualquer coisa como 1.014 cv de potência. Associado, depois, a uma embraiagem metálica com discos duplos de 8”, funcionamento hidráulico e montantes transversais.

Proposto exclusivamente numa conjugação de cores prata/preto e com componentes em fibra de carbono revestidos de forma transparente, o superdesportivo norte-americano monta ainda jantes de cinco raios e com encaixe à imagem dos monolugares de F1, além de com as medidas 482,6 x 241 mm à frente e 508 x 304,7 mm atrás. Revestidas, naturalmente, a pneus de alta performance.

No habitáculo, elementos como o ar condicionado, ecrã de LED e taquímetro inspirado na competição e montado em posição central fazem parte do equipamento de série. Ao mesmo tempo que os bancos de competição apostam num revestimento misto de pele e Alcantara – os mesmos materiais que revestem o volante.

Fiéis ao nosso espírito, estamos a ressuscitar o verdadeiro e único superdesportivo da América. Estamos a celebrar a nossa herança de sucesso, levando mais além o ADN marcado pela competição que a Saleen tem vindo a construir”, afirma o fundador da marca, Steve Saleen.

Para os leitores que não terão, no momento, a possibilidade de despender 1 milhão por uma destas sete unidades do S7 Le Mans Edition, deixamos uma boa notícia: o próximo superdesportivo da marca, o S1, será substancialmente mais barato. Garante-o, desde já, o fabricante, que prevê vir a iniciar a comercialização no próximo Verão, com preços a partir de 100 mil dólares (cerca de 84.600€).