Um homem de cerca de 40 anos que estava num café na Vieira de Leiria esteve envolvido numa rixa com dois militares da Guarda Nacional Republicana. A GNR de Leiria recebeu uma queixa de violência doméstica por parte da namorada do homem, razão pela qual o procuraram no café que costuma frequentar.

A notícia foi avançada pelo Jornal da Marinha Grande, que dizia que o homem tinha sido agredido pelos agentes da GNR. Ao que o Observador apurou, quando os militares da GNR procuraram saber se era a pessoa que procuravam, o homem terá negado a informação — o que levou os militares da GNR a pedir-lhe os documentos de identificação. O homem disse que não os tinha consigo e foi nesta altura, quando os guardas pretendiam algemar o homem para o levarem para o posto da GNR, que o homem terá começado a agredir os dois guardas.

Ao fim de cerca de dez minutos, os agentes procederam à sua detenção. O homem e os dois agentes foram levados para o Hospital de Leiria. O indivíduo sofreu algumas escoriações, segundo informações dadas pelo Tenente Daniel Matos, do Comando da GNR de Leiria.

Os dois militares da GNR ficaram internados para receber tratamento médico e um deles teve alta esta quinta-feira. Relativamente ao estado de saúde, os três homens encontram-se livres de perigo.