Os consumidores de marijuana da Califórnia fizeram fila em várias lojas para comprar canábis, que est segunda feira, e pela primeira vez, foi vendida legalmente para fins recreativos naquele Estado do Sudoeste dos Estados Unidos.

Ellen St. Peter, de 61 anos, e o seu filho Bryce, de 23 anos, foram dos primeiros clientes a chegar à loja ShowGrow, em Santa Ana. Ellen disse que, no passado, correu riscos para comprar aquela droga e que se sente feliz por, agora, a compra se ter tornado um ato seguro.

Um pouco mais a Norte, em Oakland, Jeff Deakin esperou toda a noite à porta da Harborside, com a mulher e o cão.

Aos 66 anos, Jeff afirmou que é muito importante poder comprar canábis de forma segura, sem ter de o fazer num beco esconso.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Na capital da Califórnia, Sacramento, cerca de 25 pessoas juntaram-se para uma pequena cerimónia à porta de A Therapeutic Alternative, uma loja que vende marijuana para fins medicinais desde 2009.

Mike Shorrow foi o primeiro cliente da loja para fins recreativos, comprando mais de quatro gramas de marijuana, das variantes “Red Dragon” e “Ingrid”.

Mike, de 63 anos, referiu que começou a fumar marijuana há décadas por prazer, mas que agora também usa para fins terapêuticos. Gastou quase 100 dólares (83 euros), um preço que considerou ser alto, mas que vale a pena se com isso evitar comprar no mercado negro.

A loja exige que todos os seus clientes preencham vários documentos para que se tornem membros.

No parque de estacionamento do Harborside, de Oakland, juntaram-se cerca de cem pessoas, à espera que a loja abrisse às 06:00 da manhã (14:00 em Lisboa).

A pequena multidão bebeu café e comeu donuts enquanto esperava, sob uma temperatura de seis graus Celsius, só para ser dos primeiros a comprar canábis legalmente na Califórnia.

O Harborside é um dos cerca de 90 estabelecimentos que receberam uma licença para vender marijuana a retalho — para fins recreativos — no primeiro dia do ano. A lei que permite a venda entrou em vigor às 00h01 de segunda feira (08h01 em Lisboa).

A lei surge cerca de duas décadas depois de a Califórnia se ter tornado no primeiro Estado norte-americano a legalizar a marijuana medicinal.

O canábis recreativo é agora legal para adultos com mais de 21 anos. Cada pessoa pode plantar e cultivar até seis plantas de canábis e ter na sua posse um máximo de 28 gramas (uma onça).

Los Angeles e San Francisco estão entre as cidades da Califórnia onde não será possível comprar legalmente a droga.