A Organização dos concursos Miss América (MAO, na sigla em inglês) tem agora uma nova líder. Gretchen Carlson, que ganhou o título de miss em 1989, é agora a escolhida para presidente do conselho da administração. As ex-misses Laura Kaeppeler Fleiss, Heather French Henry e Kate Shindle vão também juntar-se à equipa.

Esta informação surge depois de o Huffington Post ter revelado uma série de e-mails que levaram três responsáveis da organização a demitirem-se, no passado mês de dezembro. Os e-mails trocados mostravam comentários e insultos à inteligência, aparência física e vida sexual das ex-misses, bem como a utilização de palavras grosseiras quando se referiam às concorrentes do concurso de beleza.

Como orgulhosa ex-miss América e antigo membro do Conselho da Organização, estou chocada e profundamente triste com as declarações nocivas sobre as mulheres, feitas pelos líderes da MAO. Como eu aprendi, o assédio e a vergonha das mulheres nunca são aceitáveis e nunca devem ser tolerados”, disse Gretchen Carlson ao Huffington Post, em resposta aos e-mails revelados, acrescentando que “Cada executivo da MAO e membros do conselho que se envolveram num comportamento tão grosseiro e assinaram, como se não fosse nada, deviam renunciar imediatamente”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

As demissões de Josh Randle, Sam Haskell e Lynn Weidner aconteceram depois de dezenas de antigas misses terem assinado uma petição a apelar às demissões, na sequência dos e-mails revelados.

Num comunicado oficial, e segundo a BBC, Carlson disse que “Todos ficámos abalados com o que aconteceu nos últimos dias, e isso não foi fácil para quem gosta do programa”, acrescentando que “No final, todos queremos uma Miss América forte e agradecemos que o Conselho tome as providências necessárias para começar a estabilizar rapidamente a organização para o futuro”.

Responsáveis do concurso Miss America demitem-se depois de ridicularizarem concorrentes

Em 2016, Carlson processou o chefe da Fox News, Roger Ailes, por assédio sexual, quando foi jornalista no canal de televisão americano.