Mercedes-Benz

A concorrência aperta, o Classe C actualiza-se

Com um novo BMW Série 3 e um melhorado Audi A4 em cena, a Mercedes deverá apresentar no palco de Genebra um renovado Classe C. O modelo prepara-se para receber novos motores e caixa de velocidades.

Autor
  • Francisco António

Lançado no mercado em 2015, o actual Mercedes-Benz Classe C prepara já, para este ano, a “obrigatória” actualização, centrada não apenas no design, mas também (e ainda mais importante) nos motores e caixa de velocidades. Afinal, um novo BMW Série 3 e um melhorado Audi A4 a isso obrigam…

Com apresentação prevista para o próximo Salão Automóvel de Genebra, em Março, seguindo-se as variantes coupé e cabriolet muito possivelmente já no Salão de Nova Iorque, em Abril, o novo Classe C começa por receber a mais recente actualização do já conhecido quatro cilindros 2,0 litros turbo, a gasolina e a gasóleo. Ao qual se deverão juntar, segundo avança a britânica Autocar, versões híbridas, plug-in, mas não só.

Nos diesel, o Classe C renovado deverá adoptar o novo motor OM654, a debitar 187 cv na versão C 220d, 195 cv no C 220d e 244 cv no C 300d. Valores que representam um aumento de, respectivamente, 13, 24 e 41 cv, face às versões actuais.

Já no caso das motorizações a gasolina, a renovação passará pela disponibilização da mais recente actualização do motor conhecido internamente pela denominação M264. E que, no caso da versão C200 EQ Boost, ou seja, com apoio eléctrico, debita mais 7 cv que o antigo, atingindo os 191 cv de potência. Sendo que, graças à introdução de um alternador de correia e um sistema eléctrico de 48V, o modelo consegue ainda mais um extra de 17 cv, embora apenas por breves momentos.

Já a evolução do M264, a aplicar no C 300, não prevê soluções híbridas, preferindo alcançar, apenas e só com o motor de combustão, regimes mais elevados, graças ao aumento da pressão do turbo. Permitindo, dessa forma, adicionar mais 13 cv à potência do modelo actual, e que assim passa para os 259 cv, sensivelmente.

Novo C400 híbrido e EQ Power a caminho

A publicação britânica avança ainda que a caminho estará uma nova motorização C 400, com propulsor híbrido, a gasolina e eléctrico, a par de uma derivação desta mesma solução, com motor a gasóleo na base. E que, com a denominação C 400d EQ Power, apresenta como argumentos não apenas o facto de ser plug-in, ou seja, com as baterias que servem de apoio ao motor eléctrico a terem de ser carregadas em tomada, mas também o facto de poder circular até 50 km, em modo exclusivamente eléctrico.

Segundo fontes não identificadas pela Autocar, as versões híbridas do renovado Classe C deverão apresentar motores eléctricos com potência aumentada em 42 cv, face à unidade eléctrica utilizada no actual C 350e, que tem 123 cv de potência. Assim como novos sistemas de carregamento, capazes de garantir tempos de carga mais baixos.

C43 e C63 com V6 e V8 “melhorados”

Por outro lado, apesar da marca ter optado por dotar os Mercedes-AMG E53 e CLS53 de um novo seis cilindros 2,9 litros turbo, no caso do C43 manter-se-á, segundo a publicação, o mesmo V6 3,0 litros turbo. Ainda que com uma subida ligeira da potência.

Já no topo da cadeia, o Mercedes-AMG C63, que também receberá uma versão melhorada do já conhecido V8 4,0 litros turbo, com novos turbocompressores twin-scroll.

Mercedes-AMG C63 Coupé

Todos os motores serão conjugados quer com a já tradicional caixa manual de seis velocidades, ou então com uma nova caixa automática com conversor de binário de nove velocidades, que substitui a actual transmissão automática de sete relações. Sendo que propostas como o C 200 EQ Boost passarão a dispor igualmente do sistema de tracção integral 4Matic.

Alterações estéticas de pormenor

Quanto às anunciadas alterações estéticas, os veículos de desenvolvimento avistados até ao momento apontam no sentido de as mudanças poderem vir a ser apenas de pormenor. Nomeadamente nos pára-choques, sendo que, para as versões AMG, está também guardada uma nova grelha frontal em padrão de diamante.

Também as ópticas terão sido redesenhadas, com o sistema de iluminação Multibeam LED a passar a oferecer a mesma funcionalidade (opcional) Adaptive Highbeam Assist Plus dos Classe E e S. Ao passo que, na traseira, os farolins recebem novo desenho interior.

As mexidas mais evidentes estão reservadas para o interior

Mais significativas são as alterações no habitáculo, com o renovado Classe C a receber um novo painel de instrumentos digital de maior definição, um volante multifunções revisto com novos controlos, um ecrã do sistema de infoentretenimento maior (10,25”), além de um touchpad com consola central redesenhada. Já o sistema de informação e entretenimento Comand evoluirá para a mesma versão 5.5 que surge como standard no já actualizado Classe S.

De resto, o Classe C também passará a dispor de um opcional sistema de integração do telefone compatível com os sistemas CarPlay, Android Auto e MirrorLink, além de um posto de carregamento de smartphones por wireless. Tudo isto sem esquecer novos revestimentos em madeira, assim como um maior número de tipo de bancos, incluindo com função de massagem, e a possibilidade de passar a receber upgrades de software via online.

Graças à adopção de um novo sistema eléctrico acessório, o renovado Classe C também pode oferecer, opcionalmente, a suspensão a ar Air Body Control. Por outro lado, contará ainda com uma série de novos sistema de assistência à condução, como é o caso da última evolução do sistema de parqueamento remoto Mercedes e do Driving Assistance Package, que inclui o Drive Pilot e o Speed Limite Pilot.

Prémios Auto 2017 Observador - A escolha dos portugueses

Chegou ao fim a primeira edição dos Prémios Auto Observador. Obrigado pela massiva participação e pelos mais de 40.000 votos recolhidos. Entre 65 modelos a votação, envolvendo um total de 34 marcas, confira aqui os resultados finais.

Chegou ao fim a primeira edição dos Prémios Auto ObservadorVer resultados
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site