Pelo menos 26 pessoas morreram esta segunda-feira num duplo atentado suicida, no centro de Bagdad, no segundo ataque deste tipo na capital iraquiana nos últimos três anos, segundo um novo balanço de um responsável dos serviços de saúde.

O diretor-geral da Saúde para a zona leste de Bagdad, o médico Abdel Ghani al-Saadi, disse que o balanço é de “26 mortos e 75 feridos”.

“Dois bombistas suicidas fizeram-se explodir na praça Al-Tayyaran, no centro de Bagdad”, tinha indicado anteriormente o general Saad Maan, porta-voz do comando conjunto de operações, que integra o exército e a polícia.

O balanço anterior era de 16 mortos e meia centena de feridos, de acordo com Maan.