Se já gostava do mítico Defender, vai gostar muito mais deste: o Defender Works V8 que a Land Rover vai fazer numa edição limitada, para assinalar os 70 anos da marca, é a versão mais potente e rápida alguma vez construída pelo construtor britânico.

O motor de gasolina atmosférico 5.0 V8 oferece 405 cv e um binário de 515 Nm, ou seja, mais do que triplica os 122 cv do Defender padrão (360 Nm). Ora, esta bela forma de prestar homenagem aos primeiros motores de grande potência dos modelos V8 Serie III Stage 1, criados a partir de 1979, traduz-se numa aceleração dos 0 aos 97 km/h em 5,6 segundos, com a velocidade máxima a ser agora atirada para os 171 km/h.

A ideia de voltar a comercializar um Defender V8 remonta a 2014, quando ainda fabricávamos o Defender em Solihull. Sabíamos que um Defender mais potente e mais rápido ia ter o seu público, sendo a autenticidade da Land Rover o toque final definitivo para que os clientes mais exigentes adquiram estas unidades do Defender de edição de coleccionador”, adianta o director da Jaguar Land Rover Classic, Tim Hannig.

E, por falar em adquirir, se já está interessado em garantir uma unidade, saiba que a aquisição se faz directamente via Land Rover Classic, com valores que arrancam nas 150 mil libras (cerca de 169 mil euros).

O Defender Works V8 (características técnicas aqui) estará equipado com uma transmissão automática ZF de oito velocidades com modo desportivo, travões reforçados e pack de manobrabilidade (amortecedores e barras estabilizadoras), para além das jantes de liga leve exclusivas de 18” (cor Sawtooth com polimento espelhado) e pneus todo-o-terreno 265/65 R18.

Os faróis dão conta da evolução dos tempos, passando a ser bi-LED, e há oito cores padrão para a carroçaria, que incluem acabamentos acetinados, em contraste com o tejadilho, as cavas das rodas e a grelha dianteira em Santorini Black. As 150 unidades exibirão ainda acabamentos em alumínio metalizado nos puxadores das portas, tampa do depósito de combustível e dístico do Defender no capot.

Já no interior domina o couro, que reveste por completo o painel de instrumentos, os painéis das portas, os estofos e os bancos desportivos Recaro.