Numa altura em que se debate o uso de canábis para fins medicinais, com a hipótese de legalização a ser discutida pela comissão parlamentar de saúde, revelamos alguns produtos surpreendentes compostos por canábis, desde pastas de dentes a tampões.

O diário espanhol El Mundo reuniu um total de 15 objetos surpreendentes, com aplicações diárias, feitos a partir da planta que tem dois componentes principais: o tetrahidrocanabinol (THC) e o canabidiol (CBD). Se o primeiro é o principal constituinte psicoativo, o segundo é um canabinoide – não é um psicotrópico e pode ter aplicações medicinais. Neste caso, a maior parte dos objetos referidos pelo jornal espanhol apenas contem a parte não psicotrópica da canábis.

Gel, champô, sais de banho, pasta de dentes e barras de sabão são exemplos de produtos de higiene que têm componentes da planta. O El Mundo refere-se a produtos 100% naturais, feitos à mão e fabricados em Amesterdão que têm como principal destino “peles sensíveis”. Além do canabinoide CBD, na sua composição encontram-se ingredientes como óleo de coco, óleo de amêndoa e manteiga de karité.

https://twitter.com/BoerejongensBij/status/766376487364722689

Não é preciso ir a Amsterdão para encontrar sumos e cervejas de canábis, uma vez que estes produtos encontram-se facilmente na internet ou, como escreve o jornal, em cervejarias com uma grande variedade de oferta. E ao contrário do que se possa pensar, estes sumos e cervejas não têm efeitos secundários, apenas o aroma e o sabor da planta.

As infusões de chá e as barras de chocolate, que se seguem na lista, podem ser feitas de duas formas — ou com o composto CBD (que não é psicotrópico) ou com os botões da planta. Se na primeira situação o efeito será relaxante, sem afetar o sistema nervoso, na segunda pode, de facto, existir o componente THC na composição dos produtos, sobretudo se forem caseiros.

Os chupa-chupas e as pastilhas elásticas são, por ventura, dos produtos mais conhecidos e são também, escreve o jornal, bons souvenirs, já que estão isentos de penalização nos países em que a canábis não é legal. À semelhança dos sumos e das cervejas, apenas reproduzem o aroma e o sabor da planta.

Também os tampões (ou uma espécie de) entram nesta lista, já que um conhecido laboratório da Califórnia, nos EUA, comercializa tampões que aliviam a dor menstrual (de acordo com estudos do próprio laboratório). De referir que o produto não é propriamente um tampão, antes um supositório vaginal. Há ainda outros produtos feitos com canábis que alegadamente aliviam as dores menstruais, tal como a tintura Mood Magic.

Cremes regeneradores, protetores labiais e pensos para os calos são os últimos produtos listados. Os cremes, à semelhança dos itens de higiene pessoal, também têm na sua composição óleo de coco, óleo de amêndoa e manteiga de karité. Já o bálsamo para os lábios referido é produzido na Holanda e é 100% natural, sendo que os pensos podem ser encontrados nos museus da canábis em Amesterdão e em Barcelona.