567kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

PSP desafia Nuno Markl a desenhar bandidos em cartoon: "Em nome da Lei, tem de desenhar!"

Este artigo tem mais de 5 anos

"Fui intimado pela Polícia Segurança Pública a rabiscar bandidos!", conta Nuno Markl na sua página do Facebook. É que a PSP já tem uma mascote, o Falco, mas falta-lhe um arqui-inimigo.

Falco, a mascote da Polícia de Segurança Pública
i

Falco, a mascote da Polícia de Segurança Pública

PSP/Facebook

Falco, a mascote da Polícia de Segurança Pública

PSP/Facebook

“Caro Nuno Markl, a PSP precisa da tua ajuda”. Para quê? Para desenhar bandidos. É isso mesmo: a Polícia de Segurança Pública pediu ao humorista Nuno Markl para desenhar o arqui-inimigo de Falco, a mascote da PSP.

“O Falco, nossa mascote, ainda não tem o seu arqui-inimigo em cartoon”, explica a PSP, deixando algumas sugestões: “Um pombo carteirista, um abutre ladrão e até mesmo um papagaio mitra“.

O pedido foi feito numa publicação no Facebook da PSP. “Desafio lançado ao Nuno Markl. Em nome da Lei, tem de desenhar!“, pode ler-se na descrição. A publicação conta com mais de 6,4 mil gostos e já mereceu a atenção de Markl.“Ó diacho! Vou rabiscar!“, comentou o humorista. A PSP respondeu com uma hashtag: #rabiscabandidos. Markl aceitou o desafio e partilhou a publicação também na sua página do Facebook, explicando aos seguidores o que se passava: “Fui intimado pela Polícia Segurança Pública a rabiscar bandidos!”.

A PSP pediu ainda a Nuno Markl que desenhe os bandidos e os publique na sua página na rede social. O bandido em cartoon será escolhido com base no desenho que tiver mais gostos, “tornando-se o arqui-inimigo do Falco”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.