Rádio Observador

Benfica

Benfica despreocupado com ausência de André Almeida visa triunfo sobre Chaves

O treinador de futebol do Benfica, Rui Vitória, mostrou-se despreocupado com a ausência do habitual lateral-direito André Almeida na receção de sábado ao Desportivo de Chaves.

HUGO DELGADO/LUSA

O treinador de futebol do Benfica, Rui Vitória, mostrou-se despreocupado com a ausência do habitual lateral-direito André Almeida na receção de sábado ao Desportivo de Chaves e apontou o triunfo como objetivo.

Rui Vitória, que esta sexta-feira falava em conferência de imprensa de antevisão ao encontro com os flavienses, não adiantou o nome que irá ocupar o lugar, e salientou que a equipa está preparada para essas situações, motivo pelo qual tem dois jogadores por posição.

Certo é que para o treinador dos tetracampeões nacionais este é o melhor momento da época, fruto do rendimento da equipa que culmina com os triunfos conquistados.

“Sentimo-nos realizados, porque os resultados vão aparecendo. Os meus jogadores estão a ter uma sensação de conforto notável. Isso deixa-me confiante em relação ao futuro. Estamos no bom caminho. Agora é pensar no próximo jogo, que vai ser dificílimo para nós”, afirmou.

Precisamente diante do Desportivo de Chaves, Rui Vitória deseja elevar para 13 a série de jogos sem perder (nove vitórias e três empates), mas reconheceu que o adversário melhorou em relação à primeira volta (vitória, por 1-0).

“A diferença do Desportivo de Chaves tem a ver com a conquista de pontos. Espero uma equipa de qualidade, bem organizada, dentro do registo das equipas do Luís (Castro). É necessário também ter em conta que vão encontrar uma equipa que quer ganhar, espero um jogo bem disputado e que naturalmente vamos querer ganhar”, rematou.

Nesta conferência de imprensa, Rui Vitória explicou a alteração do esquema tático da equipa, que transitou de 4-4-2 para 4-3-3, dizendo que estava prevista atempadamente e que mostra a maleabilidade dos jogadores ‘encarnados’.

“É o aproveitamento de jogadores que temos em nosso poder para jogar nesse sistema e que permitem jogar de forma rápida e ser possível a alteração em cada momento. Temos tido desempenhos muito bons e resultados muito bons. Foi uma alteração que foi feita e esperámos pelo melhor momento para fazer essa mudança. A equipa está a ter um desempenho qualitativo que me agrada. A mudança foi feita no sentido de ter uma equipa mais consistente”, defendeu.

O Benfica, terceiro classificado da I Liga com 43 pontos, recebe este sábado, às 18:15, o Desportivo de Chaves, sétimo com 26, em jogo da 19.ª jornada.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)