Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Versão mais potente e desportiva do conhecido utilitário alemão, o Volkswagen Polo GTI iniciou a comercialização no final de 2017 daquela que é a sua mais recente geração. E, segundo revelou um alto responsável da marca de Wolfsburgo, o acento na vertente desportiva pode não ficar por aqui, já que, a caminho, pode estar igualmente uma versão ainda mais potente do modelo, com o logotipo ‘R’.

A possibilidade foi levantada, em entrevista à britânica Autocar, pelo responsável pelo desenvolvimento dos chassis da Volkswagen, Karsten Schebsdat, que garantiu que a actual plataforma do Polo, tem margem para suportar ainda mais potência. “O carro é tão estável, mesmo quando a curvar a alta velocidade, que não deixa dúvidas de que existe margem para avançar ainda mais”, afirmou Schebsdat. Algo que, aliás, viria de encontro àquela que é uma intenção já anunciada pelo fabricante, de fazer crescer o número de propostas com este “badge”.

Enquanto esse momento não chega, “resta” apenas aos muitos adeptos do pequeno utilitário alemão deliciarem-se com o novo Polo GTI que, com o seu quatro cilindros 2,0 litros turbo a gasolina, anuncia uma potência máxima de 200 cv, capaz de garantir acelerações dos 0 aos 100 km/h em apenas 6,7 segundos e uma velocidade máxima de 237 km/h.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR