A CP vai instalar radares para medir a lentidão do tráfego automóvel em dois dos acessos rodoviários mais concorridos das cidades de Lisboa e Porto. A ação promocional arranca esta terça-feira com a instalação de um radar na Estrada Marginal que liga Cascais a Lisboa, no semáforo da Cruz Quebrada (concelho de Oeiras) que irá avaliar a velocidade entre as 07.30 e 10.30 da manhã. A Linha ferroviária de Cascais segue o mesmo percurso.

No dia 25 de janeiro (quinta-feira) o radar estará na esquina da Rua das Fontaínhas com a Rua do Infante, durante o mesmo período horário, localização que fica no percurso da ligação ferroviária dos comboios suburbanos à estação de S. Bento, no centro histórico do Porto.

A CP diz que esta iniciativa insere-se numa ação de comunicação direta que procura chamar a atenção para as vantagens do comboio na mobilidade urbana das duas áreas metropolitanas. O objetivo da empresa é sublinhar o ganho na qualidade de vida para quem troca o automóvel pelo comboio nas deslocações casa/trabalho para as cidades mais populosas. Os radares de medição de velocidade são efetivos, mas não haverá tratamento da informação recolhida sobre a velocidade, nem a sua divulgação, esclareceu ao Observador fonte oficial da CP. Os dados servirão apenas para abordar os condutores.

Os automobilistas que forem apanhados em “excesso de lentidão” serão notificados, mas em vez de uma multa vão receber uma oferta de assinaturas mensais para as ligações suburbanas que fazem estes percursos. Mas a oferta de um mês grátis de comboio só se concretiza se o cliente comprar pelo menos uma mensalidade.

Em comunicado, a CP adianta que os radares serão instalados em zonas de trânsito intenso, enquanto uma equipa de promotores da CP emitirá as respetivas “multas por excesso de lentidão”. Os comprovativos serão imediatamente entregues aos automobilistas nas paragens com semáforos e podem depois ser trocados por assinaturas mensais para a rede de serviços Intercidades, Regional e comboios urbanos da CP em Lisboa, Porto e Coimbra, mediante a compra da primeira mensalidade”.

A promoção destina-se apenas a pessoas que ainda não tenham o passe mensal.