Sismo

Sismo de 3,1 com epicentro a 8 km de Almodóvar sentido na região de Beja

148

Um sismo de magnitude 3,1 fez tremer a região de Beja esta terça-feira. Segundo o IPMA, "não causou danos pessoais ou materiais e foi sentido com intensidade máxima III" na escala de Mercali.

Um sismo de magnitude 3,1 na escala de Richter com epicentro a cerca de oito quilómetros a nordeste de Almodóvar, distrito de Beja, foi sentido esta terça-feira no continente, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera. Em comunicado, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) adianta que o sismo foi registado às 5h46 nas estações da rede sísmica do continente com uma magnitude de 3,1 na escala de Richter e com epicentro a nordeste de Almodóvar.

Este sismo, de acordo com a informação disponível até ao momento, não causou danos pessoais ou materiais e foi sentido com intensidade máxima III (escala de Mercalli modificada) na região de Beja”, segundo o IPMA.

De acordo com o IPMA, a intensidade III na escala de Mercalli é considerada fraca, significando que o abalo pode ser sentido dentro de casa, os objetos pendentes baloiçam, sendo a vibração semelhante à provocada pela passagem de veículos pesados. “É possível estimar a duração, mas não pode ser reconhecido com um sismo”, refere o Instituto.

Os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequeno (2,0-2,9), pequeno (3,0-3,9), ligeiro (4,0-4,9), moderado (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grande (7,0-7,9), importante (8,0-8,9), excecional (9,0-9,9) e extremo (superior a 10).

O Instituto recorda que a localização do epicentro de um sismo “é um processo físico e matemático complexo que depende do conjunto de dados, dos algoritmos e dos modelos de propagação das ondas sísmicas”, lembrando que “agências diferentes podem produzir resultados ligeiramente diferentes”.

“Do mesmo modo, as determinações preliminares são habitualmente corrigidas posteriormente, pela integração de mais informação”, acrescentou.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições Espanha 2015

Nem tudo vale na política

Dantas Rodrigues

Oportunismos como o da candidatura de Manuel Valls em Barcelona é que degradam a imagem da política e alimentam a propagação de partidos populistas sejam eles de extrema-direita ou de extrema-esquerda

Igreja Católica

Tríptico europeu /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

A Europa do terceiro milénio, perdida a sua identidade cristã, que era a razão de ser da sua unidade e grandeza, é um continente à deriva.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)