O presidente do “Clube dos Presidentes”, que está no centro de um escândalo de assédio sexual, vai abandonar o cargo sénior no Ministério da Educação, escreve esta quinta-feira a imprensa britânica. David Meller é o presidente do clube que organizou o polémico jantar de caridade só para homens no Hotel Dorchester, onde várias hospedeiras terão sido assediadas sexualmente — tal como deu conta uma reportagem assinada pelo Financial Times.

[Veja no vídeo a jornalista a descrição do ambiente de assédio feita pela jornalista infiltrada do Financial Times]

[jwplatform 7X89Z710]

A Ministra da Educação britânica Anne Milton disse, citada pelo The Independent, que David Meller está de saída e vai deixar o cargo de membro não executivo do Ministério da Educação, naquela que é uma das repercussões políticas do escândalo que estoirou esta quarta-feira.

O jantar de caridade (só para homens) em que as mulheres foram o alvo

Anne Milton referiu ainda que as pessoas com cargos públicos devem “aderir a altos padrões éticos”.

“Clube dos Presidentes” à beira do fim depois de jantar polémico

O clube exclusivamente para homens influentes, que angariava fundos para um hospital de crianças em Londres poderá estar, agora, a encerrar atividade. Depois de 33 anos, o “Clube dos Presidentes” anunciou que está em processo de dissolução, 24 horas depois de o Financial Times ter publicado uma reportagem em que são detalhados os comportamentos inadequados de vários homens.