O Sporting-FC Porto desta quarta-feira só foi decidido nas grandes penalidades: Rui Patrício defendeu duas, Casillas também, Brahimi foi protagonista pela negativa e acertou em cheio no poste. Na flash interview, os dois treinadores tiveram desempenhos opostos. Jorge Jesus falou o suficiente para três conferências de imprensa, Sérgio Conceição não estava para muitas conversas.

O treinador do Sporting foi o primeiro a falar. Jorge Jesus lamentou a perda forçada de Gelson — que foi substituído ainda no primeiro tempo devido a problemas físicos — e reconheceu que nos primeiros 45 minutos “nenhum jogador conseguiu fazer a diferença”. Quanto às grandes penalidades, a opinião do técnico leonino é simples: “Tínhamos melhores possibilidades porque temos um dos melhores guarda-redes do mundo”. Não esquecer que, do outro lado, estava Iker Casillas.

Jorge Jesus deixou ainda uma mensagem aos “profetas do futebol que dão uns palpites nas televisões”. Depois de recordar que, ao 36.º jogo da temporada, Sporting e FC Porto ainda não perderam (já que este jogo ficou empatado no tempo regulamentar), o treinador do Sporting realçou o trabalho das duas equipas e não teve papas na língua quanto aos profetas: “Vejam é se têm juízo e vêem o que dizem”.

Já Sérgio Conceição — que decidiu ver as grandes penalidades recolhido “no interior” do estádio — não teve muito a dizer quanto ao Clássico desta quarta-feira. Tal como Jesus com Gelson, lamentou a substituição forçada de Danilo e as alterações táticas que teve de fazer no seu seguimento. “Num jogo não muito bem jogado, muito disputado, com muitas faltas, não há dúvidas de que fomos a equipa mais perigosa”, analisou o técnico azul e branco.

Quanto às grandes penalidades, Conceição voltou a ter pouco a dizer: “O Sporting foi mais competente”. O treinador do FC Porto revelou uma “revolta” que impulsiona o coletivo a querer ganhar todas as competições internas e a chegar o mais longe possível na Liga dos Campeões. Para Sérgio Conceição, “o único impacto deste jogo é que, não podendo ganhar a Taça da Liga, queremos ganhar a Taça de Portugal e o campeonato”.