Um homem morreu este sábado no Hospital da Prelada, no Porto, na sequência do incêndio do dia 13, em Tondela, elevando para dez o número de vítimas mortais, disse à Lusa fonte da Misericórdia do Porto, entidade que gere aquela unidade.

O homem, que estava internado no Hospital da Prelada, na sequência do incêndio em Vila Nova da Rainha, faleceu hoje, informou à agência Lusa fonte do gabinete de comunicação da Santa Casa da Misericórdia do Porto.

O incêndio do dia 13 de janeiro, que deflagrou numa associação recreativa de Vila Nova da Rainha, concelho de Tondela, provocou nesse dia oito mortos e 38 feridos, entre graves e ligeiros, de acordo com fonte do Ministério da Saúde.

Um ferido grave que estava internado no Hospital de São João, no Porto, acabou por morrer no dia 17, elevando para nove o número de vítimas mortais do sinistro, que agora é atualizado para dez, com a morte de mais um ferido que estava internado.