O secretário para os Assuntos Sociais e Cultura de Macau, Alexis Tam, afirmou esta segunda-feira que a vacinação contra a gripe vai ser reforçada com mais 40 mil doses, que deverão estar disponíveis a meio desta semana.

Na sexta-feira, os Serviços de Saúde tinham reiterado o pedido à população para que se vacinasse, na sequência da morte de uma criança de quatro anos devido a complicações causadas pela gripe.

Na ocasião, o diretor do Centro Hospitalar Conde S. Januário, Kuok Cheong U, pediu à população que tomasse medidas de prevenção e recorresse à vacinação, e lembrou que a criança não tinha sido vacinada contra a gripe sazonal no último ano.

Na sequência deste apelo e da morte da criança, cerca de oito mil pessoas foram aos centros de saúde para se vacinarem entre sexta-feira e domingo. Os Serviços de Saúde de Macau tinham adquirido para 2017-2018 120 mil doses de vacina, mas decidiram reforçar as doses ainda existentes, menos de cinco mil, com uma encomenda de mais 40 mil.

Foram também reajustados os procedimentos, sendo agora necessária uma pré-marcação para ser vacinado, de acordo com um comunicado do Gabinete de Comunicação Social (GCS).