Empresas

Concorrência dá ‘luz verde’ a compra de Parque Eólico do Pisco pelo grupo Ikea

A 'luz verde' dada pela Autoridade da Concorrência efetiva a compra da 'holding' do grupo internacional Ikea à Windpartners Renováveis.

SASCHA STEINBACH/EPA

Autor
  • Agência Lusa

A Autoridade da Concorrência (AdC) deu ‘luz verde’ à compra pelo Ikea do Parque Eólico do Pisco, na região da Guarda, alegando não criar entraves à concorrência efetiva no mercado da produção de energia elétrica, segundo um aviso publicado.

A decisão, tomada na quarta-feira, efetiva a compra da ‘holding’ do grupo internacional Ikea à Windpartners Renováveis. A compra das ações do parque eólico foi efetuada através da subsidiária portuguesa Ikea Portugal — Móveis e Decoração.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)