A ideia inicial talvez fosse apenas exibir “Call Me By Your Name” (em português, “Chama-me Pelo Teu Nome”) em Crema, pequena cidade italiana onde o filme foi rodado. Porém, porque a noite pedia uma after-party, os planos mudaram. Armie Hammer (Oliver) juntou-se a Timothée Chalamet (que interpreta Elio) e Luca Guadagnino (o realizador) e os três recriaram ao vivo uma das cenas mais emblemáticas do filme (pode vê-la aqui), na passada segunda-feira.

Nem as câmaras faltaram — desta vez, porém, não foram as de Sayombhu Mukdeeprom, o diretor de fotografia, a registar o momento, mas as dos smartphones dos fãs. Convocados pelos atores no Twitter — “Quem trouxer bebidas e colunas recebe abraços (…) Vejo-vos à meia-noite”, escreveu ‘Oliver’ –, os fãs apareceram em massa. Todos juntos, dançaram ao som de Love My Away, dos ingleses The Psychedelic Furs. Ora veja os vídeos e comprove:

Justamente quando pensava que a experiência de “Call Me By Your Name” já não podia melhorar, todos vocês que vieram esta noite ver o filme e celebrá-lo connosco provaram que estava enganado. Agradeço-vos do fundo do meu coração”, escreveu o mesmo ‘Oliver’ (Armie Hammer) no Twitter.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O filme, que chegou às salas de cinema portuguesas a 18 de Janeiro, tem sido muito elogiado e garantiu três nomeações para os Óscares, a de Melhor Filme, Melhor Actor (Timothée Chalamet) e Melhor Argumento Adaptado (responsabilidade do americano James Ivory, de 89 anos). Reagindo aos acontecimentos da noite, Chalamet (‘Elio’) aludiu ao naturalismo do filme: “No ‘Call Me By Your Name’ o cinema é um espelho da realidade. Ontem, a realidade foi um espelho do cinema. Foi a melhor maneira de encerrar uma jornada perfeita. Até à próxima, Crema”.