Onze soldados morreram este sábado num ataque suicida no Paquistão, reivindicado por talibãs, que ocorreu num campo militar no noroeste do país, segundo um comunicado do exército paquistanês.

O primeiro balanço apontava para pelo menos três soldados mortos e sete feridos, segundo a agência de notícias France Presse.

O ataque suicida, que ocorreu num campo de desporto do exército situado no Vale de Swat, foi reivindicado pelos talibãs paquistaneses num e-mail endereçado à imprensa, segundo fonte do exército.