O treinador do Vitória de Setúbal, José Couceiro, salientou este domingo a importância de a sua equipa reencontrar os triunfos na segunda-feira, frente ao Belenenses, em partida da 21.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Com a sua equipa nos lugares de descida e sem vencer há 11 jornadas (cinco empates seguidos, após seis derrotas), o técnico reconheceu que o adversário está numa posição mais confortável, facto que pretende atenuar pelo fator casa.

“Claro que estamos mais pressionados do que o Belenenses, mas jogamos perante os nossos adeptos e queremos tirar vantagem disso. Apelo aos vitorianos para que venham ao estádio”, disse, em conferência de imprensa.

Apesar de ser anteverem “condições climatéricas adversas” à hora do jogo (21h00), José Couceiro perspetiva um duelo interessante entre dois clubes históricos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Tal como nós pretendemos fazer, o Belenenses vai querer impor-se no Bonfim. Nesse aspeto, estamos em pé de igualdade e, à partida, estão reunidas as condições para um bom jogo”, vaticinou.

Com a entrada de Silas para o lugar de Domingos Paciência no comando técnico do Belenenses, o conjunto do Restelo ganhou ânimo, admitiu o treinador dos sadinos.

“Vamos encontrar uma equipa que mudou de treinador e passou a ter um modelo um pouco diferente nos dois jogos que disputou. Apesar de não vencerem há algum tempo, a equipa ganhou confiança nos dois jogos que fez com o Silas (empates com Marítimo e Benfica)”, considerou.

Depois de cinco empates consecutivos no campeonato, o Vitória de Setúbal, que não perde em partidas oficiais há nove jogos, já definiu a postura a adotar com o Belenenses.

“Estamos no final de um ciclo muito desgastante, com muitos jogos e viagens longas com intervalos curtos. Para termos êxito, temos de ser a equipa de qualidade que temos vindo a ser nos últimos jogos”, frisou.

Frente aos lisboetas, José Couceiro volta a contar com Costinha (recuperou de lesão) e o médio André Pedrosa (cumpriu castigo). De fora continuam Wallyson, Nenê Bonilha e Yannick Djaló, todos a cargo do departamento médico.

Os reforços Nuno Reis e André Pereira estão aptos a integrar a convocatória (divulgada segunda-feira). Emrah Bassan e Thomas Rodriguez ainda não serão opção.

O Vitória de Setúbal, 16.º classificado, com 15 pontos, recebe o Belenenses, 12.º, com 21, no Estádio do Bonfim, em Setúbal, na segunda-feira, pelas 21h00, em partida da 21.ª jornada da I Liga.