Não passavam de rumores as notícias que davam conta de que a Netflix seria uma das largas dezenas de marcas a publicitar no intervalo. As incertezas adensaram-se quando o serviço de streaming de vídeo publicou um trailer para a sequela de “The Cloverfield Paradox”. Mas a verdadeira surpresa ainda estava para vir: é que a Netflix decidiu lançar a série logo depois de o jogo de futebol americano ter acabado com a vitória dos Eagles.

”The Cloverfield Paradox” é a história de um grupo internacional de astronautas que vive numa estação espacial para tentar resolver a crise energética em que o planeta entrou. Mas um acidente a bordo coloca toda a tripulação isolada da Terra e na luta pela sobrevivência. A série conta com atores como Daniel Brühl, Roger Davies, Elizabeth Debicki, Aksel Hennie, Gugu Mbatha-Raw, Chris O’Dowd, John Ortiz, David Oyelowo e Zhang Ziyi.

Os imprevistos planos da Netflix podem mesmo causar estragos nos canais de televisão, visto que a NBC publicitou (talvez cedo demais) um novo episódio de “This Is Us” que permite “encontrar as respostas a todas as dúvidas”. O episódio também foi para o ar assim que o jogo terminou, mas ainda não há números que deixem saber qual deles levou a melhor nas audiências.

A nova sequela da Netflix é uma obra de J. J. Abrams que deriva de “Cloverfield” de 2008 e de “10 Cloverfield Lane”, lançado oito meses depois. Tanto o realizador como Ava DuVernay utilizaram o Twitter para falar da sequela, que chamaram de “revolucionária”.