Ténis

Open dos Estados Unidos em ténis vai introduzir sessões noturnas em novo estádio

A organização do Open dos Estados Unidos vai introduzir sessões noturnas em 2018, aproveitando o novo estádio, o Louis Armstrong Stadium. Mais algumas mudanças vão acontecer este ano.

DANIEL MURPHY/EPA

O Open dos Estados Unidos de ténis, o último dos quatro torneios do ‘Grand Slam’ da temporada, anunciou esta terça-feira que vai introduzir sessões noturnas em 2018, aproveitando o novo estádio, o Louis Armstrong Stadium.

A Associação de Ténis norte-americana anunciou as mudanças nos horários do torneio, que terá, pela primeira vez, duas arenas com sessões duplas, depois de, em 2017, apenas o Arthur Ashe Stadium ter programas de dia e de noite.

Outra das mudanças prende-se com a redução de jogos no campo principal, que passará a ter apenas dois jogos, em vez de três, enquanto o novo recinto, com 14 mil lugares, passará a receber três na sessão diurna.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
CDS-PP

Liderar gerações

Francisco Rodrigues dos Santos

Dar lugar ao mérito não é deixar alguém entregue à sua sorte. Pelo contrário. É permitir que o Estado renove a autoridade, limitando-se às tarefas de providência para estar mais próximo dos cidadãos.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)