Pedro Passos Coelho

Passos Coelho diz que “a divisão do PSD acabou nas eleições”

194

Passos Coelho afirmou que "agora vai começar o processo de união do PSD e de construção de um caminho novo" com novos "protagonistas", referindo-se a Rui Rio.

MIGUEL PEREIRA DA SILVA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O presidente social-democrata, Pedro Passos Coelho, defendeu esta quinta-feira que “a divisão do PSD acabou nas eleições” internas, apelando a que quem ganhou saiba não excluir quem perdeu na construção de “um caminho novo”.

“Agora não vai começar a divisão do PSD. A divisão do PSD acabou nas eleições, agora vai começar o processo de união do PSD e de construção de um caminho novo. Cabe a iniciativa a quem ganhou, mas não se pode excluir quem perdeu”, afirmou Passos Coelho, na tomada de posse dos órgãos concelhios do PSD-Lisboa.

O ainda presidente do partido — Rui Rio foi eleito em diretas, mas apenas será empossado no Congresso entre 16 e 18 de fevereiro — disse que o PSD contará sempre com ele, mas avisou que “agora os protagonistas são outros”.

“Não vamos andar, como se costuma dizer, a armar ao pingarelho”, afirmou, provocando risos na assistência. Passos Coelho salientou que “há muita gente fantástica no PSD” que, “independentemente de “proximidades pessoais, acrescenta muito ao projeto do partido”.

“Assim as pessoas saibam, acabadas as eleições, ver o que é importante e o que as une, que é imenso”, apelou, dizendo ter gostado de ouvir durante a sessão elogios ao candidato derrotado nas diretas, Pedro Santana Lopes.

Alertando que o novo ciclo se fará “das duas partes” e que todos têm de se empenhar, o ainda presidente do PSD deixou a convicção de que, se tal acontecer, os resultados aparecerão.

“Quem tem uma certa confiança não está sempre a fazer contas para ver se dá ou não dá: há de dar! E se não der a gente continua, sabemos o que queremos e não andamos a vestir e a despir a ver se agradamos de qualquer maneira e se chegamos lá de qualquer maneira”, afirmou, recebendo o maior aplauso da sessão.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Política

O PS é que sabe fazer política!

António Valle
837

Passos quis mudar a mentalidade e a cultura política. António Costa, que personifica a velha mentalidade e a velha cultura política, não deixou. Não quis! E travou a necessária mudança.

Pedro Passos Coelho

Coragem

Alexandre Homem Cristo
849

É razoável supor que os protestos produziram dano efectivo na vida de Passos Coelho: antes havia três universidades interessadas na sua contratação, depois dos protestos só uma realmente avançou.

PSD

Primavera chuvosa (e um até já)

Maria João Avillez
139

Convinha reparar que na cave e subcave onde se fabrica o veneno, a temperatura da indignidade e o grau da brutalidade – do insulto, da falsidade, do ódio – atingem picos que nunca se viram, nem usaram

Pedro Passos Coelho

Quem tem medo de Passos Coelho?

Rui Ramos
1.960

Na história portuguesa, Passos Coelho foi o primeiro chefe de governo que, num ajustamento, não pôde dissimular os cortes com desvalorizações monetárias. Governou com a verdade. 

Universidades

Pedro Passos Coelho nunca existiu

Paulo Tunhas
2.133

O ódio a Passos radica na sua energia, abnegação e estoicismo que surpreendeu muito boa gente – como eu, que mudei a opinião que dele tinha –, e que lhe permitiram controlar e dominar a bancarrota.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Detalhes da assinatura

Acesso ilimitado a todos os artigos do Observador, na Web e nas Apps, até três dispositivos.

E tenha acesso a

  • Assinatura - Aceda aos dados da sua assinatura
  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Inicie a sessão

Ou registe-se

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)