A cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno, que esta edição é na Coreia do Sul, aconteceu esta noite no Estádio Olímpico em Pyeongchang. As cores escolhidas para os espetáculos de luz, bailarinos e máscaras denunciavam o tema da festa: o espetáculo ia ser puramente asiático, com mascotes de dragões e tigres no palco e fogo de artifício a ser atirado de toda a cidade. Mas enquanto a festa se fazia no interior do estádio, as ruas estavam a ser palcos de protestos contra a participação norte-coreana no evento desportivo da paz por excelência.

O coro vindo da Coreia do Norte, composto por 229 mulheres, foi uma das principais atrações da noite. Nas mãos tinham folhas de papel com a bandeira da Península da Coreia. E no momentos do desfile das equipas com as bandeiras, também houve momentos peculiares: quando os chineses passaram, o silêncio impôs-se no estádio. Quando os jamaicanos passaram, a euforia tomou conta do público. Mas foi a equipa de Tonga, com um homem semi-nu a segurar a bandeira, que mais suspiros arrancou.

Veja na fotogaleria algumas das fotografias mais incríveis da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018.