504kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Do Park para o gira-discos: bar lisboeta lança nova editora discográfica

Este artigo tem mais de 4 anos

Chama-se Parkbeat Records, será dedicada à música urbana (sobretudo hip hop e eletrónica) e em Abril lança o primeiro álbum, um EP de DJ Glue com vários convidados.

DJ Glue vai carimbar a estreia da nova editora, com um EP que lançará em Abril
i

DJ Glue vai carimbar a estreia da nova editora, com um EP que lançará em Abril

Nash Does Work

DJ Glue vai carimbar a estreia da nova editora, com um EP que lançará em Abril

Nash Does Work

Além de proporcionar bons momentos a quem gosta de tomar uma bebida com uma vista agradável para Lisboa, o rooftop bar Park tem-se também esforçado por garantir boa música a quem lá passa, chamando fãs de eletrónica e sobretudo hip hop para ouvir alguns dos mais inovadores DJs do género em Portugal. A aposta na programação musical vai agora estender-se aos discos, com a criação de uma nova editora discográfica, a Parkbeat Records.

A ideia para o novo selo editorial é estimular a criação dos “criativos, produtores e beatmakers” nacionais, alguns dos quais com passagens recentes pelo bar. Se servir de indício, nos últimos meses atuaram no espaço da Calçada do Combro, perto do Bairro Alto, em Lisboa, DJs e produtores de batidas como Kwan,  Shaka Lion, Fumaxa, Sam the Kid, NelAssassin e Kronic. Riot (fundador dos Buraka Som Sistema), Big & Bomberjack e BBG serão as próximas apostas musicais, atuando respetivamente esta sexta-feira, 9, sábado, 10 e quinta-feira, 15.

O primeiro disco da Parkbeats Records será lançado em Abril. Trata-se de um novo EP de DJ Glue, figura central na história do hip hop português e curador das noites C.R.E.A.M. no Lux Frágil. O disco incluirá convidados de peso do rap nacional, como Carlão (ex-Pacman), Karlon e Sir Scratch e ainda cantores com maior (Dino d’Santiago) ou menor (Beatriz Pessoa e Rita Vian) ligação ao género. O disco, aliás, não será um trabalho “de hip-hop convencional”, refere DJ Glue à imprensa. No final de 2018 deverá sair uma coletânea com temas inéditos de DJs e produtores, adianta o espaço, acrescentando que há “outras novidades [ainda] a desvendar”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Loja Observador Lifestyle

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.