Bentley

Prenda no Dia dos Namorados? Um Continental GT3-R

201

Se está a pensar no que oferecer à sua mulher, pelo Dia dos Namorados, temos uma sugestão: por que não um dos poucos Continental GT3-R produzidos? Afinal, até pode ser ela goste (e lho empreste)…

Autor
  • Francisco António

Trata-se de um raro exemplar de um modelo hiperperformante do qual a Bentley apenas produziu 300 unidades e que agora surge à venda através de um concessionário independente norte-americano, por pouco mais de 175 mil euros. Número 60 dos 99 que foram destinados aos EUA, este Bentley Continental GT3-R é, não temos dúvidas, o “brinquedo” que qualquer namorado/a gostaria de receber!

Embora não sendo a estrear, a verdade é que esta unidade tem tudo para agradar. A começar no facto de estar praticamente nova, com apenas 15.718 km realizados, além de trazer consigo mais dois “miminhos”: um capacete Bell Racing GT3 a condizer e um relógio de pulso Breitling GT3. Sendo que, só este cronógrafo, é coisa para custar perto de 13 mil euros!

Mesmo que ela não se interesse pelo relógio (OK, é muito masculino…) e o capacete não seja o adereço mais conveniente, só o carro, acreditamos nós, será suficiente para a deixar maravilhada. É que, apesar de ter o mesmo nome – Continental – e a mesma plataforma do conhecido coupé desportivo de luxo do fabricante de Crewe, este Bentley Continental GT3-R tem uma postura e presença muito diferentes.

A maior diferença está, contudo, debaixo do capot dianteiro, onde vive um V8 4,0 litros biturbo a debitar uns fogosos 600 cv de potência e 749 Nm de binário. Argumentos que fazem dele o modelo de produção da marca britânica mais rápido de sempre. A confirmá-lo, uma capacidade de aceleração dos 0 aos 96 km/h em apenas 3,4 segundos, assim como uma velocidade máxima anunciada de 304 km/h. Interessado? Então basta ir ao site do concessionário Motor GT e contactar o vendedor.

Participe nos Prémios Auto Observador e habilite-se a ganhar um carro

Vote na segunda edição do concurso dedicado ao automóvel cuja votação é exclusivamente online. Aqui quem decide são os leitores e não um júri de “especialistas” e convidados.

Participe nos Prémios Auto ObservadorVote agora

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Governo

A famiglia não se escolhe? /premium

Alberto Gonçalves

Se ainda não se restringiu o executivo aos parentes consanguíneos ou afins do dr. Costa, eventualidade que defenderia com empenho, a verdade é que se realizaram amplos progressos na área do nepotismo

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)