Os incêndios deste verão, em Portugal, foram “o momento mais traumático de toda a [minha] vida política”, afirma António Costa em entrevista ao jornal ABC. “Não me imagino a voltar a viver o mesmo”, acrescenta o primeiro-ministro, avisando que “sem uma boa prevenção e com temperaturas extremas teremos resultados dramáticos.

A tragédia de Pedrógão Grande (e, também, dos incêndios de outubro) foi um dos temas sobre os  quais António Costa falou na entrevista publicada este domingo ao jornal espanhol ABC.

António Costa garante que Portugal está a “aprender muito” com a experiência de Espanha em matéria de incêndios e está a “investir sobretudo na prevenção e a integrar essa prevenção com o combate aos incêndios”.

Ao jornal espanhol, Costa promete que em Portugal cada vez mais se irá trabalhar para a profissionalização da luta contra os incêndios, “ainda que isso leve tempo”. “Temos problemas estruturais que se agravam com as alterações climáticas das últimas décadas”, afirma António Costa.