Ferrari

Português destrói o primeiro Ferrari Portofino

593

O Portofino, o cabrio com tejadilho rígido retráctil que substitui o Califórnia, está a ser apresentado em Itália. Por azar, ou falta de sorte, um já foi destruído. Com um português ao volante.

Segundo relatos de alguns órgãos de informação estrangeiros, como os americanos da Autoevolution ou os franceses da Autoplus, nem tudo correu bem durante a apresentação à imprensa do mais recente modelo da Ferrari, a decorrer em Itália. Um dos belos modelos do construtor transalpino, que ainda nem sequer está à venda, viu-se envolvido num acidente de viação, que felizmente não fez vítimas, para além de amassar alguma chapa – ou fibra – e o orgulho de quem ia ao volante. E, tanto quanto conseguimos apurar, ao volante ia um jornalista português.

O fabricante italiano de carros de sonho escolheu Portofino, a bela vila piscatória a sul de Génova, para apresentar o sucessor do California. Precisamente, denominado Portofino. Este é um Ferrari dois em um, pois não só é o Ferrari mais acessível da gama, como é igualmente o mais versátil, destinado a quem busca um desportivo fechado para lidar com o mau tempo, mas que no instante seguinte se transforma num descapotável elegante, ideal para passear, por que não por Portofino, de cabelos ao vento.

O novo modelo, que recorre ao mesmo V8 biturbo com 3,9 litros e 600 cv, mais 40 cv do que no California, é uma máquina infernal, capaz de atingir 100 km/h em 3,5 segundos, para continuar a acelerar até aos 320 km/h. Mas os seus maiores trunfos são o emblema do Cavallino Rampante que ostenta o capot, que continua a ser dos mais respeitados quanto toca a desportivos, e as linhas apaixonantes, num misto de elegância e agressividade.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Detalhes da assinatura

Acesso ilimitado a todos os artigos do Observador, na Web e nas Apps, até três dispositivos.

E tenha acesso a

  • Assinatura - Aceda aos dados da sua assinatura
  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Inicie a sessão

Ou registe-se

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)