Basquetebol

Portugal perde com a Grécia e continua sem vencer no Eurobasket feminino de 2019

A seleção portuguesa perdeu pela quarta vez consecutiva na fase de qualificação para o Eurobasket feminino de 2019. A melhor marcadora do encontro foi a portuguesa Maria João Correia.

ANTONIO COTRIM/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

A seleção portuguesa registou esta quarta-feira, na cidade grega de Chalkida, a quarta derrota consecutiva no grupo D da fase de qualificação para o Eurobasket feminino de 2019, perdendo 81-59 com a Grécia.

Portugal entrou bem no jogo e equilibrou a contenda durante o primeiro período, o qual perdia apenas por dois pontos (25-23) no final e em que pontificou a base-extremo Maria João Correia, autora de 13 pontos nos 10 minutos iniciais.

A equipa lusa, que ocupa o último posto da ‘poule’, chegou a estar a vencer no início do segundo período, embora por apenas um ponto (35-34), mas as basquetebolistas helénicas reagiram e recuperaram a vantagem no marcador, atingindo o intervalo com uma vantagem de 12 pontos (46-34).

Ao somar um parcial de 21-14 no terceiro período, a Grécia consolidou a sua superioridade e entrou para os derradeiros dez minutos com uma vantagem de 19 pontos (67-48).

No global, a formação grega revelou-se mais forte e experiente, tendo dominado a luta das tabelas (40/30 em ressaltos), efetuado mais assistências (25/11) e sido mais eficaz a atirar ao cesto – 46,6% contra 35,2% da equipa das ‘quinas’.

Maria João Correia foi a melhor anotadora da partida, com 24 pontos convertidos.

Na quinta jornada, agendada para o dia 17 de novembro, Portugal recebe Israel, enquanto a Inglaterra enfrenta a Grécia.

Qualificam-se para a fase final do Eurobasket de 2019, que se realiza em agosto desse ano na Sérvia e Letónia, os primeiros classificados de cada um dos oito grupos, mais os seis melhores segundos classificados.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eutanásia

A democracia não é absoluta

Mário Pinto

Depois da enunciação da da dignidade da pessoa humana, a Constituição portuguesa faz a listagem enunciativa dos "Direitos, liberdades e garantias". E começa dizendo assim: "A vida humana é inviolável"

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Detalhes da assinatura

Acesso ilimitado a todos os artigos do Observador, na Web e nas Apps, até três dispositivos.

E tenha acesso a

  • Assinatura - Aceda aos dados da sua assinatura
  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Inicie a sessão

Ou registe-se

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)