O treinador interino do Desportivo das Aves, José Mota, manifestou esta quinta-feira o desejo de alcançar a terceira vitória consecutiva para se afastar “o mais depressa possível” da zona de despromoção da I Liga de futebol.

José Mota diz que a equipa avense está motivada para conseguir alcançar o objetivo frente ao Marítimo no próximo sábado, em encontro da 23.ª da I Liga.

“Trabalhar sobre vitórias é mais fácil. Há fatores de motivação, a nível de treino, rendimento, há mais dinâmica e dá mais confiança. O nosso grupo vem de duas vitórias importantes, mas, mais importante, foi sair do último lugar. Era um peso que não queríamos continuar a ter”, afirmou na conferência de imprensa de antevisão da partida com a equipa insular.

O treinador dos avenses disse acreditar que a equipa está no bom caminho e que nos últimos jogos deu provas disso mesmo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Formámos nestes três jogos uma boa equipa, organizada, competente e ambiciosa. Estamos imbuídos num espírito de união, de camaradagem e de vitória. Queremos fazer do nosso estádio a nossa fortaleza, queremos continuar com os bons resultados para subir na tabela. Andamos à procura de fazer história. Conseguimos ganhar por cinco, o que era inédito, conseguir ganhar pela terceira vez consecutiva também será inédito”, frisou ainda.

Sobre a equipa comandada por Daniel Ramos, José Mota tece elogios: “Tem feito um excelente campeonato. Embora esteja numa sequência de resultados menos bons, é uma boa equipa. Uma equipa bem organizada, que continua com a ambição de chegar a um lugar europeu. Definitivamente, das melhores equipas do campeonato e, como espera dar a volta, aguardo um Marítimo coeso, organizado e a tentar manter o seu padrão de jogo. Temos de ser responsáveis e determinados.”

O Desportivo das Aves, que ocupa agora a 16.ª posição da tabela classificativa com 20 pontos, recebe este sábado, pelas 16:00, o Marítimo, nono com 29 pontos, em jogo da 23.ª jornada da I Liga de futebol.