Dark Mode 133kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Atirador praticava tiros em casa (e foi filmado). Polícia foi chamada 39 vezes

De tronco nu, com um boné a dizer 'Make America Great Again', usado na campanha de Trump à presidência dos EUA. Nikolas Cruz contou que ouviu vozes do demónio a ordenar-lhe que fizesse o tiroteio.

i

CNN

CNN

Nikolas Cruz tem uma justificação para ter protagonizado o 18.º tiroteio ocorrido numa escola nos Estados Unidos desde o início do ano. O atirador disse aos inspetores que ouviu vozes do “demónio” na sua cabeça a dar-lhe instruções sobre o que fazer para levar a cabo o crime na Escola Secundária de Parkland, na Flórida, conta a ABC News.

Desde 2010, a polícia foi chamada 39 vezes à casa onde Cruz vivia com a família, em Parkland, descobriu a CNN. Nas chamadas de emergência recebidas, o rapaz de 19 anos era descrito como “um doente mental” ou uma pessoa com “distúrbios”. Há cada vez mais indícios de que este tiroteio podia ter sido previsto: os professores foram avisados há um ano, através de um email. Há cinco meses, um utilizador com o mesmo nome do autor do tiroteio na Flórida, ameaçou numa página do YouTube que o ia fazer. Em janeiro, o FBI foi informado de que Nikolas tinha uma arma, o desejo para matar e que era provável que levasse a cabo um tiroteio numa escola. O FBI já admitiu entretanto que perante esta informação, falhou em seguir os protocolos e nenhuma investigação foi feita.

Vídeo mostra Nikolas a disparar no quintal da sua casa

Um vídeo divulgado pela CNN mostra que as suspeitas que caíam sobre Nikolas Cruz podiam estar certas. De tronco nu, com um boné a dizer ‘Make America Great Again’, usado na campanha de Trump à presidência dos Estados Unidos da América, treina a pontaria no quintal de casa.

Dada a sua personalidade, — “maluco por armas”, uma “espécie de marginal” que “não tinha muitos amigos” –, vários estudantes diziam que se alguma vez houvesse um tiroteio naquela escola, seria feito por ele. As declarações de professores e estudantes são semelhantes. “Todos podiam prever isto“disse um estudante à WFOR-TV, acrescentando que “vários alunos faziam piadas” sobre a possibilidade de Cruz vir a ser o autor de um tiroteio naquela escola.

[Veja no vídeo as imagens e sons do tiroteio. E o especialista em contra-terrorismo da CNN]

[jwplatform 5H2rE3JL]

O tiroteio levado a cabo por Nikolas Cruz, na Escola Secundária de Parkland, no estado norte-americano da Flórida, provocou 17 mortos, já confirmados pelas autoridades. O tiroteio aconteceu por volta das 15h00 locais (cerca de 20h00 em Lisboa). O xerife local, Scott Israel descreveu a situação como “uma catástrofe”. Cruz foi detido pouco depois do tiroteio e foi acusado esta quinta-feira de 17 homicídios premeditados.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.