O Governo moçambicano está a negociar com o Banco Mundial um financiamento de 80 milhões de dólares (64,9 milhões de euros) para irrigação agrícola de pequena escala no centro do país, anunciou esta segunda-feira fonte ligada ao projeto.

O empreendimento deverá abranger uma área de sete mil hectares nas províncias de Manica, Sofala e Zambézia, segundo António Tcheco, representante do Projeto de Irrigação e Acesso aos Mercados para os Agricultores (Irriga), citado esta segunda-feira pelo diário Notícias.

Além de expandir as áreas de irrigação, o plano tem como objetivo introduzir tecnologias no processo de produção, como forma de garantir maior produtividade.

Para António Tcheco, o projeto, com duração de cinco anos, deverá “contribuir de forma decisiva para o estabelecimento e fortalecimento das associações de pequenos agricultores”.

Nas três províncias serão abrangidos quatro mil pequenos agricultores.

O Irriga é a continuação do projeto de Desenvolvimento de Irrigação Sustentável que foi também financiado pelo Banco Mundial e implementado pelo Ministério Agricultura nas mesmas províncias nos últimos cinco anos.