Aos 41 anos, Sally Hawkins está nomeada para o Óscar de Melhor Atriz Principal, pelo papel de Elisa Esposito no filme A Forma da Água, de Guillermo del Toro. Desde o início do ano que a atriz britânica tem integrado a lista de favoritas nos principais prémios da indústria, como é o caso dos SAG Awards, dos BAFTA e dos Globos de Ouro, embora em todos eles tenha sido Frances McDormand a arrecadar o prémio. Hawkins está pela segunda vez na corrida para a estatueta mais cobiçada da indústria, depois de, em 2014, ter estado nomeada para o Óscar de Melhor Atriz Secundário pelo filme Blue Jasmine, de Woody Allen.

Uma presença tímida que se reflete também na passadeira vermelha. Nos últimos anos, Sally tem pisado a red carpet com visuais sóbrios e ligeiramente conservadores. Ao mesmo tempo que as escolhas têm feito com que pareça mais velha, a atriz contrabalança esse efeito com uma postura informal e uma atitude naife. Uma coisa é certa: decotes não são com ela.

Sally Hawkins nos SAG Awards, em janeiro deste ano © Jon Kopaloff/Getty Images

E se no início da carreira, apostou sobretudo em peças escuras, a participação no filme Blue Jasmine, onde deu vida à personagem Ginger, acabou por marcar um ponto de viragem na imagem da atriz. Chegaram os vestidos ao estilo de Hollywood. Nessa temporada, Hawkins optou sobretudo por uma paleta de tons nude, silhuetas longas e esguias e por peças de alta-costura, bordadas e com com aplicações de pedras e pérolas. No que toca a marcas e criadores, as escolhas da atriz têm recaído cada vez mais sobre a casa Dior. Destaque para o modelo vintage que usou nos Globos de Ouro de 2014, mas também para o vestido preto e para o macacão colorido que usou nos últimos Globos de Ouro e SAG Awards, respetivamente.

Mas 2014 ficou ainda marcado por outro grande momento. Numa entrevista à revista Vulture, Guillermo del Toro conta como se tornou fã da atriz ao ver os seus desempenhos no filme Um dia de cada vez, que lhe valeu um Globo de Ouro em 2009, e na minissérie da BBC Fingersmith, de 2005. O realizador relata ainda como a conheceu pessoalmente, numa after party dos Globos de Ouro. O amigo Alfonso Cuarón celebrava o prémio de Melhor Realizador e desafiou del Toro a sair de casa e a juntar-se à celebração. Nessa altura, já o realizador mexicano escrevia o filme a pensar em Hawkins como protagonista. Quando se preparava para deixar a festa, avistou-a ao longe. Estava um pouco zonzo, efeito dos shots de tequila. “É a primeira vez que a vejo. Disse ‘Sally — Guillermo’. Abracei-a. E disse-lhe ‘Estou a escrever um filme onde tu te apaixonas por um homem-peixe!’. Ela disse ‘Fantástico!’ e foi este o nosso primeiro encontro”, conta del Toro na entrevista.

Quanto ao que irá vestir no domingo à noite, a decisão vai depender, em primeiro lugar, da insistência ou não do movimento Time’s Up em coordenar o dress code. Tanto a ABC como a produção do evento já mostraram querer deixar os premiados brilharem, enquanto o The Times, citado pela revista Cosmpolitan, parece ter falado com duas fontes anónimas do movimento que afirmaram não haver qualquer intenção de pedir às convidadas que usem preto e que apenas seria de esperar o uso do pin.

A começar pela esquerda: Christian Dior, Armani Privé (© Pascal Le Segretain/Getty Images) e Alexander McQueen (© Alexander McQueen)

Assim sendo, vamos aos prognósticos. Tentar vestir Sally Hawkins para os Óscares sem olhar para a última coleção de alta-costura da Cristian Dior é impossível. Eis a primeira sugestão: nada de decotes, mangas compridas e transparentes, silhueta cintada e uma saia cheia de movimento. O segundo palpite chega diretamente da coleção de alta-costura primavera 2018 da Armani Privé. A atriz tem andado numa de brilhos e acabamentos metalizados, já pisou a red carpet de fato e este é especialmente indicado por ser fluido, como a água. A terceira sugestão, como não podia deixar de ser, é de uma marca britânica. Com os ajustes certos, este modelo Alexander McQueen resort 2018 pode facilmente ser adaptado a mulheres de estatura mais baixa como é o caso de Sally Hawkins. A atriz mede 1,57 metros.