O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, exigiu esta segunda-feira que a resolução adotada no sábado pelo Conselho de Segurança sobre as tréguas de 30 dias na Síria seja “aplicada imediatamente”.

Eu espero que a resolução seja imediatamente aplicada para que os serviços humanitários possam atuar de imediato”, avisou António Guterres, em Genebra.

Pelo menos dez civis morreram esta segunda-feira nos bombardeamentos de Damasco contra Ghouta Oriental, apesar das tréguas pedidas pelas Nações Unidos, indica o Observatório Sírio dos Direitos do Homem. Entre as dez vítimas mortais encontram-se nove membros de uma mesma família, entre os quais três crianças.

Os ataques aéreos e de artilharia das forças do regime de Damasco contra Ghouta (arredores da capital da Síria) foram particularmente intensos durante as últimas horas, de acordo com as informações da organização não-governamental com sede em Londres.

Desde o início dos ataques de Damasco contra Ghouta Oriental, a 18 de fevereiro, morreram 521 civis, segundo os números divulgados pelo observatório.