Bragança, Guarda e Vila Real, estão sob aviso laranja (o segundo mais grave) devido à queda de neve, enquanto a chuva, vento e agitação marítima motivam o mesmo aviso na Madeira, segundo o IPMA. A queda de neve acima dos 400 ou 600 metros deixa os distritos de Bragança e Vila Real sob aviso laranja entre as 18h00 desta terça-feira e as 6h00 de quarta-feira, alertou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Na Guarda, é a queda de neve acima dos 400 metros que motiva este aviso durante o dia desta terça-feira, entre as  9h00 e as 15h00. A agitação marítima motivará um aviso laranja em Setúbal, Beja e Faro (costa ocidental), onde se registarão ondas de sudoeste com 5 a 6,5 metros de altura, podendo chegar a 12 metros de altura máxima, entre as 18h00 de quarta-feira e as 21:00 de quinta-feira.

Já na costa sul algarvia, o mesmo aviso estará em vigor por ondas de sudoeste com 5 a 6 metros, podendo chegar aos 12 metros de altura, em especial no barlavento, entre as 3h00 e as 15h00 de quinta-feira.

Já no arquipélago da Madeira, o IPMA colocou sob o segundo aviso mais grave a costa norte, sul e regiões montanhosas devido a “períodos de chuva, por vezes forte”, com “condições favoráveis à ocorrência de trovoada”, a partir das 6h00 e até às 15h00 desta terça-feira.

Nas regiões montanhosas, está em vigor um aviso laranja devido a vento com rajadas até 130 quilómetros/hora entre as 3h27 desta terça-feira até as 3h00 de quinta-feira. Para a costa sul, há um alerta laranja para quarta-feira (a partir das 9h00) até quinta-feira (3h00) devido a vento forte de sudoeste com rajadas até 100 quilómetros/hora.

O Porto Santo estará sob o mesmo alerta na quarta e na quinta-feira (até às 12h00) devido a agitação marítima, com ondas de oeste/sudoeste com 5 a 7 metros, podendo chegar a 14 metros de altura.

As ilhas dos Açores estão, ao longo do dia desta terça-feira, sob aviso amarelo devido a chuva “temporariamente forte”, trovoada, agitação marítima e vento. O IPMA colocou todo o restante território continental e ilhas sob avisos amarelos diversos até quinta-feira, devido a chuva, neve, vento e agitação marítima.

Conduzir devagar, desobstruir sarjetas, e outras recomendações da Proteção Civil

Em comunicado às redações, a Proteção Civil fez uma lista de medidas preventivas que devem ser adotadas pela população durante os próximos dias.

  • Desobstruir sistemas de escoamento de água e garantir que objetos possam ser arrastados e impeçam o escoamento das águas;
  • Conduzir mais devagar, tendo atenção à acumulação de neve ou à formação de lençóis de água na estrada;
  • Evitar zonas inundadas;
  • Colocar correntes nos pneus das viaturas em zonas atingidas por queda de neve;
  • Garantir que andaimes, placards e outras estruturas suspensas estão bem fixas;
  • Ter especial cuidado na circulação e permanência em áreas com árvores, tendo atenção para a queda de ramos ou até das árvores;
  • Evitar a circulação junto ao mar e a zonas ribeirinhas, onde a água possa galgar;
  • Evitar praticar atividades relacionadas com o mar, como desportos marítimos, pesca ou passeios à beira-mar. Também não devem ser estacionados carros perto da orla marítima.