O Coliseu de Lisboa recebe esta sexta feira a segunda edição de um combate musical entre quatro equipas de músicos portugueses, intitulado Music Culture Clash, e no final haverá um vencedor, escolhido pelo público.

No Coliseu estarão montados quatro pequenos palcos — um para cada equipa de músicos — que tocarão alternadamente. A equipa que receber mais aplausos do público, medidos por um sonómetro, ganha o combate.

Nesta segunda edição, conduzida por Carlão e Alex D’Alva Teixeira, as equipas são lideradas por Capicua, por Rui Pregal da Cunha, por Richie Campbell e pelos Paus.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Inspirado nos famosos ‘sound clash’ jamaicanos, o Red Bull Music Culture Clash tem percorrido o mundo, de Londres a Nova Iorque, passando por Toronto, Manchester ou Milão”, refere a promotora, e aconteceu pela primeira vez em Lisboa em 2017.

Da equipa de Capicua farão parte DJ D-One, M7, Ana Bacalhau, Eva Rap Diva, Marta Ren e Blaya, enquanto os Paus convidam DJ Glue, Mike El Nite, Holly Hood e Silk.

[recorde aqui a edição do ano passado:]

Culture Clash. Todos contra todos e no fim ganhou o Club Atlas

Richie Campbell apresenta-se com Mishlawi, General Gogo, Luís Franco Bastos, Ben Miranda, Dengaz, Plutonio, DJ Dadda, Dodas Spencer e Afonso Ferreira, e Rui Pregal da Cunha subirá ao palco com os Capitão Fausto, Memória de Peixe e Throes + The Shine.

Os bilhetes para o Red Bull Culture Clash custam 20 euros. O bilhete plus, que dá acesso à after party, custa 35€. Mais info aqui.