A RTP preparou uma homenagem à octogenária Simone de Oliveira, mas a cantora também participou no espetáculo: quase cinco décadas depois de ter ganho o Festival da Canção com “Desfolhada”, a cantora e atriz voltou ao palco do programa para interpretar a música que representou Portugal na Eurovisão em 1969. Ao lado dela estiveram Áurea e Marisa Liz, cantaram “Sol de Inverno”, e Nuno Feist ao piano. O momento já está num vídeo publicado na página de YouTube do Festival da Canção e pode vê-lo aqui em baixo.

A “Desfolhada Portuguesa” é uma canção composta e escrita por  José Carlos Ary dos Santos e Nuno Nazareth Fernandes, com orquestração do maestro Joaquim Luís Gomes e venceu o Festival da Canção em 1969, quando Simone de Oliveira tinha trinta anos. Acabada de completar 80 anos, que celebrou com amigos e família no Bairro Alto em Lisboa, Simone de Oliveira vestiu-se de vermelho e participou na homenagem que o canal público lhe preparou na final do Festival.

Quando Simone de Oliveira interpretou “Desfolhada Portuguesa” pela primeira vez na Eurovisão, a canção era a 15ª a subir a palco, logo depois de “Un jour, un enfant” interpretada por Frida Boccara e antes da canção finlandesa “Kuin silloin ennen” de  Jarkko & Laura. Na Eurovisão, Simone de Oliveira não reuniu grande aclamação: terminou também em 15º lugar — a penúltima posição — com apenas quatro pontos. Em Portugal, no entanto, a “Desfolhada Portuguesa” tornou-se numa canção icónica.

Simone de Oliveira foi a última artista a ser homenageada no Festival da Canção, que terminou esta noite com a vitória de Isaura e de Cláudia Pascoal. Nas duas semifinais, o Festival também prestou tributo a Carlos Paião.