Com o desenvolvimento a cargo da equipa Toyota Gazoo Racing, a mesma que representa as cores da marca nipónica no Mundial de Ralis e no Campeonato do Mundo de Resistência, o Supra já mexe, mas apenas em forma de versão de competição. Denominado GR Supra Racing Concept, o modelo é a estrela da Toyota no Salão de Genebra, como que a abrir o apetite para a versão de estrada que deverá ser conhecida em breve, mas cujas linhas gerais são agora mais fáceis de antecipar.

Ainda que virado para as corridas, o veículo exposto no certame suíço confirma que o Supra continuará a ser um desportivo com motor à frente e tracção traseira, garantindo desde logo a desejada dose de emoção e gozo ao volante.

O último Supra desapareceu em 2002 e oferecia, na altura, uma versão com o seis cilindros em linha com três litros e sobrealimentado, a debitar 380 cv.

O novo Supra irá surgir ainda durante 2018, mantendo-se fiel a um motor de combustão 3.0 V6, alegadamente com cerca de 340 cv, sendo previsível uma versão híbrida, com esta mesma unidade a surgir associada a um motor eléctrico, à semelhança do que acontece com o Lexus LC500h.